Você já pensou em abrir uma agência de turismo ou intercâmbio?

Você já pensou em abrir uma agência de turismo ou intercâmbio?

Segundo dados do Ministério do Turismo, as viagens de brasileiros para o exterior totalizaram 9,2 milhões em 2017, movimentando bilhões de dólares.

Isso torna o Brasil o 10º maior mercado do turismo mundial, sendo portanto uma ótima oportunidade para você que deseja abrir sua agência.

Quer saber como?

A gente te explica!

Primeiramente, você deve conhecer o Ministério do Turismo e a EMBRATUR. O primeiro é responsável pelo cadastramento de empresas, classificação de empreendimentos dedicados às atividades turísticas e ao exercício de função fiscalizadora.

A EMBRATUR é responsável apenas pela promoção, marketing e apoio à comercialização dos destinos, serviços e produtos turísticos brasileiros no mercado internacional.

Ok! E agora?

O Ministério do Turismo possui parcerias com órgãos oficiais estaduais e distritais do setor, administrando o Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), reunindo todos os que estejam legalmente constituídos em uma operação.

Como faço para me cadastrar?

O cadastro é feito totalmente pela internet. Clique aqui para acessar o site do CADASTUR.

Siga os seguintes passos:

1) crie um usuário do sistema, por meio da opção ‘Cadastre-se’ no topo da tela, para obter uma senha;

2) após receber a sua senha por email, acesse o site e faça o login;

3) preencha o formulário eletrônico de cadastro com os dados da sua atividade;

4) assine o Termo de Responsabilidade eletrônico;

5) Envie! Após a análise da solicitação, seu cadastro será homologado e seu CERTIFICADO disponibilizado em até 5 dias úteis, se estiver de acordo com a legislação.

O CADASTUR é completamente gratuito, tanto o cadastro quanto a renovação! Além disso, ele apresenta vantagens para as agências cadastradas:

  • Acesso a financiamento por meio de bancos oficiais;
  • Apoio em eventos, feiras e ações do Ministério do Turismo;
  • Incentivo à participação em programas e projetos do governo federal;
  • Participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo;
  • Visibilidade nos sites do Cadastur e do Programa Viaje Legal.

Além disso, a questão mais importante aqui é que somente Agências de Turismo regularmente cadastradas podem atuar legalmente, seja na realização de excursões e passeios turísticos ou intermediação de serviços, assim como na organização, contratação e execução de programas, roteiros, itinerários, bem como recepção, transferência e a assistência ao turista.

Então, se quiser saber mais informações ou tiver dúvidas sobre os documentos necessários para registrar uma agência, clique aqui.

No mercado do intercâmbio, uma pesquisa da Belta (Brazilian Educational & Language Travel Association), identificou um movimento de US$2,2 bilhões no setor do intercâmbio em 2016, com um investimento médio de R$27.864,15 sendo feito pelos brasileiros em viagens educacionais.

Desta forma, investir em uma agência de intercâmbio ou até mesmo desenvolver produtos de intercâmbio dentro de uma agência de turismo, pode ser uma ideia excelente e rentável.

Caso você tenha algum receio por falta de informações do mercado ou considere-o complexo, acesse nosso blog ou mande um email para a gente: contato@sellead.com, daremos nosso melhor para te ajudar e esclarecer suas dúvidas.

Já possui um agência de intercâmbio e quer saber como aumentar sua credibilidade no mercado? Clique aqui.